Quando e como lavar a lavadora de roupa

0
Foto: Reprodução Youtube

Sim, é preciso limpar a sua fiel ajudante com uma certa periodicidade. Aprenda o momento de fazer isso e a forma mais eficiente!

Você coloca a roupa na máquina e, quando tira, tem a impressão de que ela está mais suja do que antes? As peças saem com fiapos de tecido ou bolinhas pretas gosmentas? Hum, então passou – e muito! – da hora de limpar seu eletrodoméstico.

O problema é que, enquanto dá folga às suas mãos, a lavadora vai retendo fibras têxteis e acumulando restinhos de sabão em pó e amaciante. Sem contar a própria sujeira que sai das roupas e deixa seus resíduos no cesto e nas reentrâncias da máquina.

Por essa razão, os fabricantes costumam recomendar a limpeza mensal do equipamento para quem o utiliza até duas vezes por semana. Quem usa menos que isso pode estender a frequência para bimestral.

Essa é a lavagem geral, que passa por toda a máquina. Mas a lavagem de dispositivos, como filtros, drenos, borracha da porta (no caso das máquinas de abertura frontal) e reservatórios de sabão e amaciante, deve ser quinzenal.

Limpando a lavadora com essa frequência, a gente só ganha. A roupa realmente fica limpa, o equipamento dura mais e reduz-se a chance de ter de contratar uma limpeza profissional da máquina.

Reprodução Deco Proteste

Passo a passo da limpeza:

  1. Reservatórios de sabão, amaciante e alvejante: Eles exigem lavagem frequente e cuidadosa para que não soltem resíduos em suas roupas. Se os compartimentos forem móveis, desencaixe-os e mantenha-os de molho em uma solução de água e vinagre branco. Depois esfregue com uma escova de dentes velha ou uma escova de limpeza mesmo. Se os reservatórios forem fixos, você terá um pouco mais de dificuldade para acessá-los por inteiro, mas nada que uma escova de cabo longo não resolva.
  2. Filtros de fiapos e de resíduos:
    O primeiro é encontrado em toda máquina com abertura por cima e, como o nome diz, tem a função de reter fiapos das roupas. Já o filtro de resíduos aparece nos modelos com abertura frontal. A ele cabe evitar que moedas, arames de sutiã e outras miudezas maiores que fiapos atinjam a bomba de drenagem.
    Como cada máquina é de um jeito – em relação ao tipo e à localização do filtro –, consulte o manual da sua e siga as orientações do fabricante. Mas, se for possível retirar a peça, desencaixe-a e remova resíduos existentes. Lave o filtro em água corrente e, antes de recolocá-lo, verifique se há algum tipo de limo no compartimento – se houver, passe um pano.
  3. Interior da máquina:
    Não deixe nenhum pano dentro da lavadora quando for higienizá-la, nem adicione qualquer tipo de detergente.
    De modo geral, a regra é escolher o ciclo mais longo de lavagem e o nível mais alto de água para limpar o interior da máquina. Se ela aquecer a água, ótimo. Caso não, enche-a até a metade e depois complete com água fervida no fogão. O calor ajudará a soltar e dissolver os resíduos aglomerados de sabão e amaciante. Depois de já ter lavado o compartimento de detergente e enchido a lavadora, despeje ali 1 litro de vinagre branco no interior. Molhe uma escova nessa mistura e esfregue todas as áreas alcançáveis. Ligue a máquina. Você vai reparar que, mesmo sem ter acrescentado sabão, alguma espuma se forma, tudo por causa dos restinhos acumulados. Deixe a lavadora trabalhar até o fim para que ela elimine todo o vinagre e os resíduos. Depois é só usar seu equipamento normalmente. Se ainda assim ele continuar soltando fiapos e bolinhas pretas nas roupas, será preciso lavá-la novamente. Dessa vez, porém, substitua o vinagre por 1 litro de água sanitária. Em máquinas que contam com a função lavagem do tambor, tudo fica ainda mais fácil: essa programação já prevê água aquecida e tempo de lavagem longo. Nesse caso, os fabricantes recomendam não acrescentar nem o vinagre.
  4. Exterior da máquina:
    Água e vinagre também são ideais para limpar a parte de fora do seu eletrodoméstico.
    Umedeça um pano nessa mistura e passe-o em toda a superfície. Se for preciso, use uma escova de dentes velha para reforçar a limpeza dos cantinhos e reentrâncias.

Esses cuidados com a máquina dão um trabalhinho, mas isso não é nada perto do trabalhão que ela te poupa, não é mesmo?
Até o próximo post!
Beijo Mica <3