Enquanto os filhos brincam… Separar um canto da sala onde as crianças possam brincar é um jeito de aumentar o tempo de convívio da família sem que o caos se instale

2

Por mais que eu goste de organização, acho que a sala é um local para reunir a família – e onde
há crianças, há brinquedos fazendo parte da família. (Eu, por exemplo, sou avó de umas quatro
bonecas!) Então, que os pequenos brinquem livremente e deem vazão à criatividade, mas
depois guardem tudo em seus lugares.

É por pensar assim que achei tão interessante a solução das arquitetas do escritório Tria
Arquitetura para o apartamento de um casal com dois filhos. Dá só uma olhada nas fotos.
Um dos quartos teve duas paredes demolidas e foi transformado em brinquedoteca. Mas uma
brinquedoteca aberta para a circulação e integrada à sala por uma estante modulada que é
vazada na parte inferior, onde fica uma lareira de chão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assim, enquanto os pais estão vendo TV, conversando ou ouvindo música, acompanham as
brincadeiras dos pequenos ali pertinho. E não são necessários mais que alguns segundos para
as crianças se juntarem aos adultos no sofá ou para os pais aderirem às brincadeiras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Alessandro Guimarães

Repare nos recursos que contribuem para a organização no ambiente infantil. Sob a janela, um
banco-baú guarda os brinquedos usados na área, entre eles as caixas de jogos. Sobre o banco e
em alguns nichos da estante vão os bichos de pelúcia. As bolas ficam em suportes fixados na
parede do tipo lousa, onde os irmãos podem desenhar. E o tapete feito com módulos coloridos
de EVA protege o piso de madeira de arranhões e os joelhos dos pequenos de batidas.

E aí? Gostou desta ideia tanto quanto eu?!

Beijos,

Mica ♥

 

Brincou, guardou! Nunca é cedo para as crianças aprenderem a organizar as próprias coisas. E nada melhor do que começar pelos brinquedos.

3
criança brincando com boneca

O que seria da vida sem as caixas, hein, me diz? No quarto das minhas filhas, elas são várias! Porque cada um desses recipientes guarda um tipo e um tamanho de brinquedo. Separando desse jeito, não só fica mais fácil devolver os itens no lugar depois de brincar, como sempre encontrar o que procura. Ou quase!

Já que nós já aprendemos várias dicas para doar os brinquedos antigos, hoje eu dou as dicas que melhor funcionam com as crianças. E, se você é mãe ou pai de primeira viagem, vem descobrir envolver seus filhos na organização o quanto antes na organização, mais rápido isso se tornará um hábito para eles.

O sistema é fácil:

  1. Separe os brinquedos por tipos: bichos de pelúcia (aprenda a lavar e cuidar dos bichos de pelúcia aqui), bonecas e bonecos, carrinhos, brinquedos de montar (como o Lego), jogos de tabuleiro, bolas, itens para brincar de casinha, instrumentos musicais etc.
  2. Escolha caixas de diferentes tamanhos, de preferência transparentes e com tampa. Assim a criança visualiza facilmente o conteúdo. Você também pode usar etiquetas de identificação e, se seu filho ainda não souber ler, se valer de desenhos ou recortes de revista.brinquedos em quarto infantil
  3. Cada tipo de brinquedo vai para uma ou mais caixas, dependendo da quantidade e do porte dos itens. Um exemplo: bonecas pequenas em uma caixa pequena e bonecas grandes em um baú. Evite caixas ou baús muito grandes, pois as peças que ficam no fundo dificilmente são acessadas.
  4. Aproveite os brinquedos maiores e mais bonitos na decoração. Deixando-os à vista em prateleiras e nichos.
  5. Seus filhos adoram aquelas miniaturas que insistem em desaparecer? Transforme-as em coleções e as organize em expositores . Como estes, da Meu Móvel de Madeira, que podem ser dispostos tanto na horizontal quanto na horizontal. estantes para coleção de brinquedos
  6. Que tal fixar ganchos ou outros suportes nas paredes e neles pendurar skates, patins e patinetes?
  7. Lembre-se de que tudo deve ficar numa altura adequada à da criança. Só coloque no alto de armários e estantes aqueles brinquedos mais delicados ou que pedem o acompanhamento de um adulto durante a diversão.
  8. Por fim, dê uma de Micaela e repita para os seus filhos o que eu sempre digo no Santa Ajuda: se tirou do lugar, coloque de volta.

Bora chamar as crianças para arrumar o quarto?!

Beijos,
Mica ♥

Imagens: Oksun70/iStock, Katarzyna Bialasiewicz/iStock e Meu Móvel de Madeira