Por que não se deve usar tanto papel toalha? Existem razões variadas para restringir o uso do papel toalha em vez de fazer dele nosso aliado de todas as horas

É só destacar uma, duas, três folhas do rolo e passar onde está sujo ou molhado. E então
arremessar na lixeira o papel embolado. Mas você já parou para pensar se toda essa
praticidade do papel toalha não cobra um preço alto demais? Pois cobra, pode ter certeza. Foi
o que concluí quando refleti sobre o assunto.

Em primeiro lugar, porque o papel toalha é descartável. Não faz sentido nenhum a gente se
preocupar em usar sacolas reutilizáveis durante as compras e, ao chegar em casa, gastar
metade de um rolo de papel limpando os produtos, secando a pia e tal. A consciência
ambiental precisa passar por aí também.

Em segundo lugar, esse material nem limpa tão bem assim, pois deixa um rastro de fiapinhos
na superfície. Quem já tentou limpar um espelho com ele sabe perfeitamente do que estou
falando. E quando o papel toalha fica um pouco mais molhado, se desfaz na mão, o que nos
leva a usar mais folhas. Gente, é muito melhor realizar qualquer tipo de limpeza e secagem
com panos de microfibra, que são mais absorventes e não largam fiapos.

Mas eu não sou radical, então entendo que existem situações em que o papel toalha é
insubstituível. Uma delas é em caixas com verduras lavadas a fim de absorver a umidade que
se forma na geladeira. Já falei sobre isso num post sobre como lavar a salada.

Outro bom uso está na eliminação daquela camada de gordura da panela antes de lavar o
utensílio. Mas fica a dica: reaproveite os guardanapos de papel usados durante a refeição
nessa tarefa. Também é preferível empregar papel toalha para enxugar o líquido de
embalagens de frango, carne e peixe crus. Tudo porque esses sucos são repletos de bactérias.

Conclusão

Resista à tentação do papel toalha guardando-o dentro do armário e reserve o seu uso para
situações especiais, como as que descrevi acima. Deixe sobre a pia da cozinha uma cestinha
com panos limpos de microfibra: na hora de uma emergência, vai ser mais fácil estender o
braço para pegar um deles do que abrir a porta do armário e agarrar o papel toalha.

Combinado?

Beijos,

Mica

 

 

Deixe seu comentário