5 grandes acertos na limpeza da cozinha Você já parou para pensar se a rotina que criou para deixar a cozinha em ordem é a mais eficiente? Chegou a hora de se questionar e melhorar o que for necessário!

Às vezes, é preciso observar alguém limpando a cozinha – ou qualquer outro local – de uma
forma diferente da nossa para só então nos darmos conta de que nem todo mundo faz tudo
do mesmo jeito. E, aí, ou a gente aprende ou a gente ensina.

E é isso o que quero compartilhar. Tudo porque me lembrei de uma ocasião em que, passando
na casa de uma amiga justamente no dia da faxina, notei que a diarista dela iniciava a limpeza
pelo chão. Eu fiquei realmente surpresa porque, até então, tinha certeza de que todo mundo
começava igualzinho a mim, batendo cortinas e tirando o pó dos móveis – afinal, a poeira cai e
vai parar aonde? No piso, né? Então, se ele já foi limpo, é trabalho perdido e, depois, trabalho
dobrado. Expliquei isso pra moça e ela ficou toda contente por aprender algo novo.

Então hoje eu reuni esta e outras quatro regrinhas de ouro que valem para a casa inteira, mas
principalmente para o dia a dia da cozinha. Vamos lá!

1. Inicie a arrumação pela louça e deixe o chão para o fim

Se a sua cozinha tem bancada de refeições ou mesa, você já sabe como é: basta o café da
manhã para o piso ficar cheio de migalhas e respingos de líquidos, principalmente se houver
crianças em casa. De nada adianta correr para pegar a vassoura e o pano de chão pois, quando
você e a sua família tirarem a louça suja, outras sujeirinhas vão acabar caindo. Não importa se
você está dando um tapinha na cozinha ou limpando pra valer: o piso fica por último.

2. Use esponjas macias e panos de microfibra

O papel toalha é super conveniente: mal alguma coisa derrama, a gente arranca algumas
folhas do rolo, seca o que tiver de secar e joga aquele monte de papel molhado no lixo. Mas e
o desperdício, minha gente? Onde fica o discurso de sustentabilidade? No lixo, né, junto com a
maçaroca de folhas. Para a maioria das situações, esponjas macias e panos – principalmente
de microfibra, que não solta fiapos – são tão ou mais eficientes que o papel toalha, que deve
ser reservado para situações críticas, como a limpeza grossa de um fogão extremamente
engordurado.

3. Escolha produtos de limpeza adequados

Apesar de vários limpadores se apresentarem como multiuso, tome cuidado, pois eles podem
acabar danificando superfícies mais delicadas, como as de mármore e madeira. Os mármores
claros, por exemplo, são muito sensíveis e não gostam nem de substâncias ácidas, como
vinagre e limão, nem de detergentes coloridos – ambas as categorias oferecem risco de
manchas. Para uma limpeza eficiente e que não danifique nada, leia sempre os rótulos dos
produtos antes de utilizá-los.

4. Sujou, limpou na hora

Eu sei que às vezes a gente se atrasa e sai de casa deixando tudo de pernas para o ar. Mas isso
deve ser a exceção. Organizar-se significa se programar para cuidar da louça ao término de
cada refeição – mesmo que essa não seja a ‘sobremesa’ desejada após um longo jantar com os
amigos. No dia seguinte, quando acordar, você vai agradecer por encontrar a cozinha limpa e
nenhum rastro de insetos que adorariam ter se fartado nos pratos e copos sujos!

5. Higienize a esponja de cozinha

Você lava a esponja de louça com água e sabão? Não? Hum, pois saiba que poucas coisas
numa casa reúnem tantas bactérias e fungos quanto ela. Por isso, sempre que terminar de
lavar a louça, limpe o utensílio com água e sabão, enxágue bem até eliminar todos os resíduos
(de espuma, inclusive!) e então esprema a esponja para secá-la.

Mas esta é a limpeza básica: existe, ainda, a higienização, que deve ser feita toda noite (caso
você cozinhe diariamente) ou a cada três ou quatro dias. É assim: após a limpeza básica, ferva
a esponja em uma panela com água por 10 minutos. Outra opção é levá-la ao micro-ondas por
2 minutos em uma tigela com água. Usando luvas, aperte bem a esponja para retirar toda a
sua umidade e guarde-a em local seco e arejado.

Gostou das dicas? Você tem alguma outra regrinha de ouro válida para a limpeza da cozinha?
Me conta!

Beijos,

Mica

Deixe seu comentário