Área de serviço: a funcionalidade manda aqui Armários de todos os tamanhos, prateleiras, cabideiros e suportes colocam ordem nesse ambiente tão essencial!

0

Nem pense em justificar a bagunça na área de serviço alegando que ela é muito pequena. Quanto menor ela for, mais organização pedirá. Quer ver como eu tenho razão? É só observar o ambiente das fotos. Sabe quanto ele mede? Apenas 1,40 x 1,40 m! E passou com nota 10 nos meus critérios de organização, por isso eu estou usando este projeto da arquiteta Elen Saravalli como exemplo do que você pode fazer na sua própria casa.

Para ter um mínimo de bancada de trabalho, foi escolhida uma máquina de lavar e secar com abertura frontal, que libera a área acima do equipamento. Todos os cantinhos foram aproveitados com marcenaria, o que ajuda demais na organização, até mesmo quando o compartimento é bem compacto – caso da gaveta entre o tanque e a máquina (na foto superior). Afinal, nós temos coisas de diferentes tamanhos para guardar, não é mesmo? Você reparou que até o trecho sob o tanque foi ocupado com um gavetão (foto abaixo)?

Fotos: Júlia Ribeiro

Já no armário superior podem ser mantidos baldes e outros materiais. Abaixo dele, uma barra metálica serve para pendurar cabides usados em dois momentos: durante a secagem de camisas e para pendurar peças recém-passadas.

Itens grandes, como vassouras, rodo, aspirador de pó e tábua de passar roupa ficam longe dos olhos, dentro de um armário estreito e alto que se encaixou entre o tanque e a divisória de vidro que dá para a cozinha.

Caso não seja possível investir em marcenaria sob medida, lance mão de acessórios que você compra prontos. Prateleiras (com e sem varão), suportes (um para vassouras e outro para ferro e tábua de passar roupa) e cestos de diferentes tamanhos (para organizar produtos e panos) dão conta do recado. Seus utensílios permanecerão à vista, mas cada um no próprio lugar.

Combinado? Quero só ver como vai ficar a sua área de serviço, hein?

Beijos,
Mica ♥