Como cuidar do jardim no outono Nossa principal tarefa é ajudar as plantas a se preparem para o período de economia de energia que as aguarda

0

O outuno vem chegando aí e, em busca de orientações práticas para cuidar das minhas amadas plantas do jardim nessa estação, descobri o arquiteto paisagista Rulian Nociti e suas dicas sobre rega, poda, adubação… Informações pra lá de úteis que compartilho com vocês.

Mas sabe o que eu achei mais incrível? É o jeito de pensar a mudança das estações e, consequentemente, de se relacionar com o jardim em cada época do ano. E já que estamos falando de jardim e plantas, veja aqui um guia prático de como fazer as flores naturais durarem mais!

Explico. A gente ouve muito que na temporada outono/inverno as plantas sofrem, pois têm de enfrentar temperaturas baixas, falta de umidade etc. Mas basta mudar a perspectiva para enxergar de outra forma: esse é o intervalo em que elas podem, finalmente, descansar.

É a chamada fase de dormência, aquele respiro necessário para poupar e recuperar as energias a fim de que seja possível florescer e crescer novamente quando a primavera chegar. Essa é a chave, gente: para as plantas, não existe período difícil, pois todos os períodos fazem parte de seu ciclo natural.

Sendo a virada do verão para o outono justamente o início daquela etapa mais introspectiva, de resguardo, o melhor a fazer é fornecer boas condições para que os exemplares do seu jardim não gastem energia à toa. Quer ver como é simples aplicar essa filosofia na prática?

Foto: Sasapanchenko/iStock  821771650

Rega

As chuvas que costumam ser abundantes no fim do verão logo darão lugar a uma época mais seca. Isso não significa que é obrigatório aumentar a rega. “Cada espécie acumula e pede água de um jeito muito particular”, lembra Rulian. Por isso, a melhor tática, a qualquer tempo, é tocar suavemente o solo com as pontas dos dedos e verificar se ele está úmido. Regue, sem exagerar na dose, somente quando sentir a terra seca.

Poda e limpeza

Nada de cortes exagerados! Na chegada do período de dormência, a poda serve para ajudar as plantas a direcionarem sua energia para o lugar certo. Corte os galhos e os ramos secos, retire as folhas amareladas… enfim, facilite a vida da plantinha, dando uma força para que ela se livre daquelas partes que já não querem ou não precisam mais viver – mas que ainda estão ali consumindo nutrientes desnecessariamente. Aproveite também para limpar o solo, retirando folhas e outros detritos orgânicos que podem favorecer o aparecimento de pragas.

Adubação

Se as plantas estão querendo ficar quietinhas, não precisam de um super energético justo agora, né? A dica bacana do Rulian é adubá-las apenas com um suco verde (veja a receitinha no post da próxima semana) uma vez ao mês. “Assim, seus canteiros e vasos vão ficar fortalecidos na medida certa, podendo aproveitar ao máximo o descanso”, ele explica.

Agora, mãos à terra e boa jardinagem!

Beijos,
Mica ♥