Como descartar vidros de esmalte? Eles são pequenos, mas podem causar um grande estrago no meio ambiente se não forem descartados corretamente

0
Vidros de esmaltes

É uma delícia pintar as unhas cada vez de uma cor! Vermelho hoje, azul poucos dias depois e, então, preto, verde, rosa, vinho, branco, roxo… Só não dá é para juntar aquele monte de vidros com restinhos velhos e jogá-los no lixo sem nenhum cuidado.

Os esmaltes são uma combinação de resinas (15%) e solventes (85%). E, em contato com o solo, contaminam a terra e a água. Por isso, nem pense em derramá-los no ralo da pia ou jogar o vidro fechado no lixo comum.

“Tá, Mica. Mas como eu descarto eles da forma certa?”. O processo de descarte é bem simples:

  1. Despeje o restinho do esmalte em uma folha de papel, como o jornal. Deixe secar: nesse processo, os elementos químicos evaporam.
  2. Jogue um pouco de acetona ou removedor de esmaltes dentro do vidro. Tampe e sacuda bem até limpar todo o interior. Derrame o conteúdo em outra folha de papel e aguarde a secagem.
  3. Quando os papéis estiverem completamente secos, é só colocá-los no lixo comum, que será dispensado em aterros, sem contaminar o solo.
  4. Junte os vidrinhos – livres das tampas – aos demais vidros para reciclagem.

Agindo assim, ninguém precisa se sentir culpado por querer variar os esmaltes. Mas também não precisa desperdiçar, hein?! E ó: manter os esmaltes organizados sempre! 

Mas você sabia que não são só os vidrinhos de esmaltes que precisam de um descarte correto? Lâmpadas fluorescentes e remédios vencidos também pedem atenção. E é claro que eu já ensinei o descarte correto deles também!

Beijos,
Mica ♥

Imagem: FreeImages/Cathy Kaplan