Como limpar bijuterias? Nada como os métodos caseiros para recuperar o brilho de peças escurecidas.

0
mulher limpando bijuteria em pedra com escova de dentes

Que pena que dá ver brincos, colares e anéis tão queridos ficarem escuros ou ganharem pontos esverdeados, não é? E isso é muito comum, resultado da oxidação natural sofrida pelos metais em contato com o ar e com o suor. Quando tratadas no início, as manchas tendem a sair. Porém o resultado deixa a desejar se você esperar muito para atacar o problema.

E é bom saber que existem manchas sem solução: as avermelhadas. É que elas não são manchas de verdade, mas sim a camada de cobre que integra o processo de folheação das bijuterias. Ou seja, quando as peças prateadas ou douradas ficam avermelhadas, é porque estão sofrendo corrosão.

Agora que a gente já sabe como guardar as bijuterias, neste post você vai descobrir como limpá-las. E também aprenderá a reduzir o risco de danos às peças – comecemos justamente por aí, pela prevenção.

Dicas de conservação

  • Não guarde, nem deixe as bijuterias no banheiro, pois a umidade do ambiente ataca as peças;
  • Não tome banho ou entre na piscina com suas bijus. Lembre-se, também, de retirar anéis antes de lavar as mãos ou a louça;
  • Coloque brincos, colares, pulseiras e anéis somente depois de aplicar perfume, cremes e produtos no cabelo;
  • Para evitar que miçangas e contas muito miúdas se desprendam, passe base de unha ou esmalte incolor sobre elas, tomando o cuidado de não aplicar o produto nas partes metálicas.

Dicas de limpeza

A minha receita favorita é à base de vinagre e bicarbonato de sódio, produtos que servem para limpar a casa inteira. Já falei sobre eles aqui, e é claro que são nota 10 na manutenção de bijuterias metálicas. Mas há outros três métodos que também uso, às vezes simplesmente para variar, outras para complementar uma primeira limpeza.

  1. Com vinagre e bicarbonato de sódio

    Em um recipiente, adicione:

    • 1 litro de água morna;
    • 2 colheres de sopa de detergente neutro;
    • 2 colheres de sopa de vinagre branco;
    • 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio

    Mergulhe as bijuterias por alguns minutos nessa mistura efervescente. Retire-as e esfregue com uma escovas de dentes. Enxague delicadamente. Enxugue as peças com uma toalha ou utilize o secador de cabelos na temperatura fria – o calor pode descolar aplicações.

  2. Com pasta de dente branca

    Com uma flanela ou uma escova de dentes, aplique a pasta em todas as partes metálicas da bijuteria. Esfregue um pouco e retire o excesso com um pano limpo. Passe uma flanela limpa para tirar qualquer resíduo de pasta. Se preferir enxaguar, seque muito bem depois. Pronto!

     

  3. Com bicarbonato de sódio

    Adicione um pouquinho de água morna ao bicarbonato para preparar uma pasta consistente. Aplique-a nas peças com uma escovinha, enxague e seque.

  4. Com sabão de coco e água

    Esta é uma opção para cordões, brincos e anéis exclusivamente de metal. Deixe os itens fervendo com um pedaço de sabão por alguns minutos. Desligue o fogo, proteja as mãos com luvas e esfregue-os com uma escova ou flanela. Enxugue bem.

Hum, sabe que eu me inspirei para limpar dois ou três colares que estão precisando? Vou fazer isso já!

Beijos,
Mica ♥

Foto: Katarzyna Bialasiewisk/iStock

Como guardar bijuterias? Colares, brincos, pulseiras e anéis merecem cuidados na hora de guardar, mesmo que não sejam joias

4
penteadeira com gaveta invisível para porta-bijuterias

Agora que a gente já sabe como organizar e guardar as meias e roupas íntimas, vamos partir pra organização das bijuterias! Sou dona de uma coleção grandinha de bijuterias, confesso. Mas, em minha defesa: eu uso todas elas e várias são antigas.

Se meus acessórios duram, em boa parte isso se deve ao jeito certo de organizá-los e limpá-los. Aliás: o próximo post será ensinando receitinhas infalíveis pra limpeza de bijus! Poucas coisas estragam mais as bijus do que reuni-las todas em uma caixa. Cordões e correntes embaraçam, pedras ficam riscadas, além das miçangas e contas miúdas que descolam por causa do atrito frequente.

Evite isso tudo guardando as bijuterias como se elas estivessem em exposição. Mesmo que dentro de uma gaveta ou guarda-roupa. É o caso da penteadeira que aparece no início deste post, um projeto da arquiteta Ana Yoshida, de São Paulo. A gaveta do móvel recebeu organizadores acrílicos de diversos tamanhos, que acomodam relógios, braceletes, pulseiras fininhas, elásticos de cabelo e colares. Dá gosto deixar o conteúdo à vista sob o tampo de vidro!

Em outro quarto, a arquiteta incluiu na marcenaria sob medida uma gaveta rasa idealizada para organizar os acessórios da moradora. Várias bandejas de veludo com nichos e fendas ordenam tudo e simplificam a escolha das bijus a cada dia.

gaveta com divisórias em veludo para bijuterias e anéis e jóias

Mas você não precisa investir em soluções de marcenaria para transformar a organização dos acessórios em decoração do quarto. Pode, por exemplo, colocar uma moldura de quadro na parede e, no centro, fixar ganchinhos para pendurar colares e pulseiras. Também ficam uma graça uma pintura ou um adesivo simulando uma moldura. Ou então, painéis de pegboard com ganchinhos! 

Você pode, ainda, criar uma composição mais livre, usando ganchos decorativos ou puxadores, como na foto abaixo: o cantinho dos colares ocupa a passagem do closet para o banheiro, uma ideia do escritório KTA Arquitetura.

Parede com bijuterias expostas

Outro local perfeito é a face interna da porta do armário, solução para quem teme o acúmulo de pó. E se você tem colares e pulseiras em quantidade, que tal pendurar apenas uma parte deles e fazer um rodízio de tempos em tempos? Assim sempre haverá novos modelos a exibir. Mas cuide bem daqueles que ficarem longe dos olhos, guardando-os individualmente em saquinhos ou em divisórias de talheres dentro de caixas.

Para anéis e brincos, você pode usar aquelas bandejas de veludo onduladas ou caixas plásticas com divisórias. Além de ajudarem a preservar suas bijuterias, esses organizadores facilitam a visualização e com certeza agilizam a sua rotina.

bijuterias guardadas em caixa de plástico transparente com divisórias

Bora destinar um tempinho à organização das bijuterias?! Você nunca mais ficará se perguntando onde colocou aquele brinco que ganhou da Fulana ou aquele anel que usou no último domingo.

Beijos,
Mica ♥

Fotos 1 e 2: Evelyn Müller / Foto 3: Inês Antich / Foto 4: Cristiane Teixeira