O Fred Góes e sua família de mulheres: eu e minha filha Lara, minha mãe – Graça Coutinho –, minha irmã – Georgiana Góes – e Julia, minha filha.

Preciso falar sobre o Fred É ao meu pai, Frederico Góes, quem eu especialmente homenageio neste Dia dos Pais

Com essa data batendo à porta, parei para pensar sobre essa figura tão importante na minha vida. Meu pai é professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, letrista, compositor, um artista que desenha maravilhosamente bem e gosta muito de música. Foi ele quem me ensinou a estudar, a pensar, me ensinou regras, ritmos de organização, como chegar em casa e fazer o dever para ficar livre logo, estudar desde o início do ano para ter férias mais cedo.

Quando eu era criança, acompanhei toda a formação de acadêmico do meu pai, o mestrado, o doutorado. Ele sempre estudou muito. Em casa ele tinha um escritório de trabalho mais reservado, lotado de livros em todas as paredes.

Além dos livros, das letras e da música, meu pai sempre trouxe esse componente do desenho para mim e para a minha irmã. Eu tenho vários trabalhos dele separados. Acho que o mais significativo é um retrato que ele fez quando eu tinha 4 anos. Os desenhos do meu pai sempre me acompanharam na vida. Ele fazia aquelas bonequinhas de papel, com roupas que tinham dobrinhas para a gente trocar. Fazia desenhos para a gente colorir, desenhava as coisas da casa para a gente adivinhar onde estavam…

Eu, pelos olhos e traço do meu pai, quando eu tinha 4 anos.

Eu, pelos olhos e traço do meu pai, quando eu tinha 4 anos.

Existe uma coisa linda na nossa relação atualmente que passa pelos desenhos que ele tem desenvolvido. Hoje em dia ele gosta muito de se expressar pintando cadeiras – duas delas, maravilhosas, ficam no quarto das minhas filhas. Eu gosto de perceber que algo que foi fundamental na minha formação, os desenhos do meu pai, também está presente na formação das minhas meninas, que têm paixão pelo avô Fred. Isso é muito bonito.

Beijão para você, pai, e para todos os outros pais!

Com amor,
Mica ♥

 

Deixe seu comentário