Maquina de costura velha

Os setores de um ateliê de costura Porque a organização do espaço de trabalho começa pela criação de cantinhos conforme as tarefas.

Seja qual for o tamanho da área destinada ao ateliê, algumas regrinhas são sempre válidas – basta aplicá-las no seu espaço:

Setorize o ambiente

Criando cantinhos de acordo com as funções de cada material no ateliê.
Na área da máquina de costura, guarde os tubos de linha que mais usa, as agulhas da máquina, sapatilhas, bobinas, tesouras, fitas métricas etc. Separe um espaço para o estoque de aviamentos: linhas, lãs, agulhas, botões, zíperes, fitas, rendas.
Em outro canto, próximo da mesa de corte, deve ficar o setor de tecidos.

Separe os materiais por tipo

A partir daí, você parte para a micro setorização.

  • Atenção, atenção 1: para definir os tamanhos das caixas que utilizará, leve em conta o que será guardado dentro de cada uma e onde elas serão agrupadas.
  • Atenção, atenção 2: quanto menor o item, menor o recipiente. Ou seja, nada de guardar colchetes onde cabe um par de sapatos! Essa caixa provavelmente será melhor para cones de linha de costura.  Aqui, eu mostro vários produtinhos que encontrei na Organiza Brasil e podem te ajudar nessa tarefa!

Cones de costura setorizados dentro de caixa transparente

Sabe todos os itens que eu mencionei no tópico 1 – linhas, botões, fitas, tecidos etc? Organize-os em caixas plásticas transparentes, de tamanhos variados. Aqui eu dou alguns exemplos e depois você replica o critério para os outros materiais, tá?.

Botões: ficam perfeitos naquelas caixas com divisórias quadriculadas muito usadas para guardar parafusos. Também dão certo em vidros com tampa de rosca e em potinhos de comida para bebê.

aviamentos e botões separados dentro de caixa transparente com divisórias no atelie

Fitas: as que estiverem em uso podem ir para um porta-papel-toalha. Os rolos em estoque vão para caixas com tampa.

Tecidos: são várias as formas de guardá-los. A melhor vai depender da quantidade e do seu uso. Se trabalhar com patchwork, ordene por cores; se fizer roupas, por tipo de tecido: veludo, seda, algodão etc.

Tecidos organizados em caixas

Você pode dobrar os panos ou fazer rolinhos com eles, colocando-os dentro de caixas. Se elas ficarem em prateleiras abertas, tampas são essenciais para preservar o conteúdo do pó. Dentro de armários, depende do seu gosto, mas eu prefiro ter tudo tampado por três motivos: os tecidos ficam mais limpos; o espaço rende mais, porque você pode empilhar dois recipientes; e, se algum deles cair, o risco de os panos se espalharem é menor.

No primeiro episódio da temporada atual do Santa Ajuda, eu aproveitei aqueles arquivos plásticos com pastas suspensas para organizar parte dos tecidos – a ideia só funciona se for um pedaço leve e pequeno, de uns 70 x 70 cm, que você pode dobrar e pendurar na pasta. Fica uma graça e fácil de visualizar. Quer conferir tudo sobre o primeiro episódio? É só clicar aqui

micaela Góes segurando caixas com tecidos organizados

E dá-lhe etiquetas! Se você bate o olho em uma caixa e não percebe logo o que tem dentro dela, use etiquetas de identificação. Elas vão evitar que você pegue uma linha para bordar, quando precisa de uma linha de costura, por exemplo. E também resolvem a vida, caso os recipientes não sejam transparentes.

Você tem uma coleção de moldes? Uma série de revistas com a última moda de 1998? Hum, corra para fazer uma limpa no seu acervo e só manter aquilo que realmente usa. O que não serve mais, doe ou jogue no lixo reciclável, e organize em revisteiros os itens que restarem.

Tudo encaixotado? Agora guarde as caixas de acordo com os setores criados antes: máquina, aviamentos e tecidos. Lembra?

A regra número 1 é ter acesso rápido àquilo que é sempre necessário. Então, no armário dos tecidos, os que só saem de vez em quando vão para as prateleiras perto do chão ou lá no alto. Com as linhas – no outro setor, veja bem! – é a mesma coisa. E por aí vai. Não se esqueça de um cantinho para os revisteiros com moldes.

É isso, minha gente! Organizado o ateliê, o importante é manter a arrumação e não acumular mais coisas do que você pode guardar. Lembre-se de que o espaço deve ser o seu limite.

Um beijo,
Mica ♥

Imagens (em ordem): Nesser 3321/iStock; Equipe Santa Ajuda

4 Comentários

  1. Muito bom.
    Tudo organizado e bem visível.

  2. Olá, Micaela!
    Admiro muito se trabalho e tento não perder nenhum episódio do Santa Ajuda.
    Moro em São Paulo e tenho procurado por cursos de organização e quero saber como serão estes da Casa Viva. Presencial ou online?
    Também procuro dicas e até hoje não encontrei nada sobre como dobrar soutien sem bojo; poderia me ajudar?
    Obrigada,
    Um grande abraço!

    • Olá, querida! Tudo bem? Muito obrigada pelo carinho! Os cursos d’A Casa Viva são ministrados na nossa sede, no Rio de Janeiro. Temos uma turma aberta para outubro. Pra facilitar o curso acontece em um final de semana, sábado e domingo, pra acolher todos! Você confere todas as informaçoes aqui: http://bit.ly/acasavivaout. Sobre as dicas, você viu que acabou de estrear um post sobre isso? Confere aqui: http://bit.ly/2yxZq1Z
      Beijos!

Deixe seu comentário