O que fazer depois da mudança? – parte 4 O dia D chegou: e agora? Tire suas dúvidas sobre como encarar as primeiras 72 horas na casa nova

Ao longo desta série de posts sobre a mudança, eu sugeri ações de planejamento que devem ser tomadas 30, 15 e três dias antes da mudança de endereço, mas não é que ainda há assunto? ☺

Foto: Monkeybusinessimages/iStock

A melhor forma de encarar as horas iniciais no novo lar é pensar nesse período como uma viagem de três dias. Não uma viagem rumo a um hotel, mas rumo a uma casinha alugada para a qual a gente precisa levar não apenas itens de uso pessoal, mas também roupa de cama e de banho, travesseiros, pano de prato, comida, água mineral, produtos para lavar a louça, papel higiênico, sabonete etc.

A mudança é um momento de muita movimentação, que exige as atenções da família inteira. Então, o planejamento feito antes tem como objetivo permitir que todos se instalem logo e com a garantia de um mínimo de conforto. Se cada membro da família e eventuais funcionários tiverem uma malinha com mudas de roupa (pensando em trabalho, escola, lazer e pijama) e produtos de uso pessoal para três dias, ninguém dependerá de desencaixotar nada na hora errada.

Suprimentos para a cozinha

Além das malas individuais, monte uma bolsa com itens de cozinha: uma cafeteira pequena, uma comprinha para café da manhã, sanduíches, biscoitos, uma comida caseira congelada ou uma refeição de preparo rápido, como macarrão… Você pode, por exemplo, preparar uma carne moída antecipadamente e depois usá-la num molho de macarrão. Acrescente, ainda, um jogo básico de louça: se vocês são quatro, leve quatro pratos, quatro jogos de talheres, quatro copos e quatro xícaras.

Tem uma coisa que a gente costuma esquecer, então eu lembro aqui: água mineral. Gente, é bom dispor de um engradado inteiro, até porque os meninos da transportadora também vão pedir água. Os itens de geladeira você pode conservar em um cooler com gelo e levá-lo para o endereço novo por conta própria, antes da mudança chegar. Aliás, faça o mesmo com o kit básico de louças e a água.

Banheiro

Ah, sabe o que mais é legal fazer antes? Montar os banheiros. Sim, depois da faxina pré-mudança, equipe-os com papel higiênico, shampoo, pasta de dente, sabonetes (na pia e no chuveiro), toalhas de banho e de rosto… Será bem mais confortável ter os banheiros prontos enquanto a mudança estiver acontecendo.

E por falar em conforto, vale a pena instalar as cortinas e as luminárias antes de desembarcar com as malas. Pense: você vai usar os modelos que já tem ou precisará comprar ou encomendar itens novos? Se for reaproveitar, pode muito bem retirar as peças do endereço antigo uns dois dias antes e já colocá-las na casa nova.

Visita dos técnicos

Programe para o dia seguinte, a visita dos técnicos que forem necessários para concluir a instalação de equipamentos e serviços: ar condicionado, fogão a gás, internet, TV etc. Para isso, antes você deverá verificar se as tomadas são compatíveis e se estão bem posicionadas. Se for preciso alterar algo, chame um eletricista.

Quais cômodos montar primeiro?

Depois que o mobiliário estiver no lugar e a equipe de mudança bem longe, é possível iniciar a montagem da casa. Comece pelas camas, pois tudo o que você e sua família mais desejarão é mergulhar nelas após tomar banho e comer – em um restaurante ou pedindo uma refeição delivery: nada de se aventurar na cozinha nesse primeiro dia!

No dia seguinte, prossiga a montagem pelos quartos e closets. Quando começar uma caixa, vá nela até o fim, desmonte-a e tire-a do ambiente. É muito importante que você esvazie cada caixa de uma vez. Do contrário, terá um monte de caixas mexidas e nenhuma concluída.

Finalizados os quartos, a sequência de montagem continua com a cozinha e a despensa; depois, vem a área de serviço. A sala fica por último, já que costuma ter menos coisas para ser armazenadas. Como você não precisará perder tempo cozinhando durante essas primeiras 48 ou 72 horas – afinal, já resolveu essa questão antes – será muito mais rápido colocar a casa em ordem e vê-la linda como você imaginou!

E agora, depois dessas últimas dicas, eu prometo não falar mais sobre mudança – a não ser que você peça, claro!

Beijos,
Mica ♥

Deixe seu comentário