Tudo à mão para o banho dos pequenos Brinquedos num cesto, produtos de higiene a postos: as estratégias para tornar essa hora mais tranquila.

0
Brinquedo no banho

Há bebês e crianças pequenas que esperneiam para tomar banho. Mas também existem aqueles que adoram esse momento e as brincadeiras que só esse momento permite – como espirrar água em todo mundo!

Quanto mais segura a criança se sentir, melhor. Mas isso só vai acontecer se o adulto estiver calmo e dono da situação. Ter de pegar um shampoo num armário pouco acessível ou esquecer a toalha no varal são coisas a evitar.

Veja o que ajuda:

  1. Se você tem bebê em casa, aproveite uma daquelas sapateiras plásticas transparentes para reunir os brinquedinhos do banho e produtos como shampoo, sabonete líquido, escova, pomada, hidratante e fraldas. Até a roupinha da troca pode ficar ali. A sapateira precisa ser mantida próxima da banheirinha.
  2. A toalha do pequeno vai num gancho na parede ou atrás da porta do banheiro. O importante é que você a alcance facilmente.
  3. Tenha um cesto só para as roupas sujas do bebê. Elas devem ser lavadas separadamente.
  4. Quando a criança for maiorzinha e chegar a hora de começar a se lavar sozinha, coloque-a em um banquinho antiderrapante sob o chuveiro. Os tapetinhos antiderrapantes também são ótimos, pois ela fica bem à vontade. Ofereça brinquedos apropriados, como patinhos de borracha, carrinhos e bonecas de plástico e bichinhos infláveis.
  5. O melhor lugar para guardar os brinquedos do banho é dentro do boxe. Mas não espalhados pelo chão, é claro! Eu prefiro colocá-los dentro de cestinhos plásticos vazados. Mas funcionam os suportes de shampoo e até aqueles saquinhos para lavar roupas íntimas, já que a água escoa pelos furinhos do utensílio.

Gostou das dicas? Aproveite e veja também como ensinar as crianças a guardar os próprios brinquedos e o que fazer com brinquedos antigos!

Beijos,
Mica ♥

Imagens: Fam Veld/iStock

Receitas da Vovó: Pudim de Leite Condensado Sobremesa? Tem sim! Vovó Risoleta ensina a fazer um pudim de leite condensado

0
Receita de pudim de leite condensado

Hmmm… Depois de ensinar a gente a fazer um  rocambole, Vovó Risoleta vai nos mostrar a sua receita de pudim de leite condensado e eu já tô com água na boca só de imaginar!

Vamos botar a mão na massa?

Ingredientes

4 ovos;
1 lata de leite condensado;
1 lata (medida) de leite de vaca;
250 gramas de ameixas pretas

Modo de fazer

  1. Bater no liquidificador todos os ingredientes;
  2. Colocar em uma forma caramelada;
  3. Levar ao forno em banho-maria por, mais ou menos, 45 minutos. Não deixe cozinhar demais, deve ficar cremoso;
  4. Colocar na geladeira, desenformar depois de frio e colocar as ameixas com a calda por cima;

Calda – Ingredientes e modo de fazer

Ameixas sem caroço;
Água;
Açúcar

Levar ao fogo para obter o doce e reservar, deve ficar com aspecto de calda rala.

E aí, ficou bom seu pudim? Conta pra gente nos comentários qual a próxima receita que você quer ver aqui!

Beijos,
Mica e Vovó ♥

Brincou, guardou! Nunca é cedo para as crianças aprenderem a organizar as próprias coisas. E nada melhor do que começar pelos brinquedos.

2
criança brincando com boneca

O que seria da vida sem as caixas, hein, me diz? No quarto das minhas filhas, elas são várias! Porque cada um desses recipientes guarda um tipo e um tamanho de brinquedo. Separando desse jeito, não só fica mais fácil devolver os itens no lugar depois de brincar, como sempre encontrar o que procura. Ou quase!

Já que nós já aprendemos várias dicas para doar os brinquedos antigos, hoje eu dou as dicas que melhor funcionam com as crianças. E, se você é mãe ou pai de primeira viagem, vem descobrir envolver seus filhos na organização o quanto antes na organização, mais rápido isso se tornará um hábito para eles.

O sistema é fácil:

  1. Separe os brinquedos por tipos: bichos de pelúcia (aprenda a lavar e cuidar dos bichos de pelúcia aqui), bonecas e bonecos, carrinhos, brinquedos de montar (como o Lego), jogos de tabuleiro, bolas, itens para brincar de casinha, instrumentos musicais etc.
  2. Escolha caixas de diferentes tamanhos, de preferência transparentes e com tampa. Assim a criança visualiza facilmente o conteúdo. Você também pode usar etiquetas de identificação e, se seu filho ainda não souber ler, se valer de desenhos ou recortes de revista.brinquedos em quarto infantil
  3. Cada tipo de brinquedo vai para uma ou mais caixas, dependendo da quantidade e do porte dos itens. Um exemplo: bonecas pequenas em uma caixa pequena e bonecas grandes em um baú. Evite caixas ou baús muito grandes, pois as peças que ficam no fundo dificilmente são acessadas.
  4. Aproveite os brinquedos maiores e mais bonitos na decoração. Deixando-os à vista em prateleiras e nichos.
  5. Seus filhos adoram aquelas miniaturas que insistem em desaparecer? Transforme-as em coleções e as organize em expositores . Como estes, da Meu Móvel de Madeira, que podem ser dispostos tanto na horizontal quanto na horizontal. estantes para coleção de brinquedos
  6. Que tal fixar ganchos ou outros suportes nas paredes e neles pendurar skates, patins e patinetes?
  7. Lembre-se de que tudo deve ficar numa altura adequada à da criança. Só coloque no alto de armários e estantes aqueles brinquedos mais delicados ou que pedem o acompanhamento de um adulto durante a diversão.
  8. Por fim, dê uma de Micaela e repita para os seus filhos o que eu sempre digo no Santa Ajuda: se tirou do lugar, coloque de volta.

Bora chamar as crianças para arrumar o quarto?!

Beijos,
Mica ♥

Imagens: Oksun70/iStock, Katarzyna Bialasiewicz/iStock e Meu Móvel de Madeira

“Quem usou a minha toalha?”

0
toalhas em cabideiro

É batata: ao sair do banho, os mais distraídos da casa vira e mexe pegam a toalha de outro. Se não dá para obrigar ninguém a prestar mais atenção nas atividades corriqueiras, o jeito é facilitar. E agora que a gente já aprendeu 6 dicas para organizar o banheiro, veja as ideias que eu dou aqui e discuta com a família qual pode funcionar melhor.

Ganchos individuais

Instale um gancho para cada usuário do banheiro e estabeleça qual é de quem: os das crianças podem ser os mais baixos, por exemplo.

Variedade de cores

Monte jogos de toalhas de diferentes tons e defina um para cada pessoa. Deixe os pequenos escolherem as cores que desejam.

Branco personalizado

Muita gente prefere que as toalhas sejam todas brancas. Se esse for o seu caso, faça uma alcinha para cada peça costurando fitas de cores variadas, uma para cada membro da família. Outra opção é bordar números ou as iniciais de cada um nos itens.

Caso haja espaço no banheiro, mantenha sempre algumas toalhas de reposição. Elas podem ser guardadas dentro de um armário ou acomodadas em prateleiras, nichos e toalheiros como o da foto, usado no Loft do Designer, ambiente projetado para a Casa Cor São Paulo 2017 pelo escritório Triplex Arquitetura.   

Fácil, hein? E ficará ainda mais depois que todos se habituarem ao sistema escolhido.

Beijos,
Mica ♥

Imagem: Tentan/iStock