Despensa sem traças nem carunchos Saiba como se ver livre desses insetos que insistem em se alimentar de grãos e farináceos que guardamos no armário.

Uma coisa que me irritava profundamente, além de me tirar o apetite, era encontrar traças e
carunchos no arroz e em outros grãos. Até que um dia resolvi me informar de verdade sobre o
assunto e aprendi um bocado – inclusive a me livrar dos pestinhas! Descobri, por exemplo, que
o nome popular oficial da traça dos alimentos (que é diferente daquela encontrada em roupas
e livros) é traça-indiana-da-farinha.

A luta contra essas pragas começa no supermercado, feira ou mercearia, pois muitas vezes a
comida sai contaminada do ponto de venda – e, não raro, já foi parar lá nessa mesma
condição. Portanto, nada mais recomendável que fazer uma bela inspeção nos alimentos antes
de levar qualquer coisa. Prefira comprar grãos, cereais e farinhas a granel, porque isso facilita a
procura pelos bichos adultos. Se não for possível, opte pelas embalagens transparentes, para
que possa examinar o seu conteúdo. E fuja dos sacos que apresentem algum furinho – pode
ser indício de que um caruncho ou uma traça entrou ou saiu dali.

Nunca viu um deles? Pois os carunchos (na foto à esq., no arroz) são uma espécie de besouro
com cerca de 0,5 cm, enquanto as traças (na foto à dir., no milho) se parecem com mariposas,
só que menores, com 1 cm, mais ou menos.

Fotos: mingman/iStock e Reprodução de Imuneplace

 

 

 

 

 

Visualizar os insetos adultos até que é fácil, mas encontrar larvas e ovos é quase impossível.
Por isso a importância de transferir grãos e farináceos para recipientes de vidro ou de plástico
grosso com tampa (de preferência, hermética) assim que se chega das compras – sim, você
entendeu bem: antes de começar a consumir esse ou aquele pacote, o conteúdo já deve deixar
a embalagem original (mas lembre-se de anotar a data de validade!). Dessa forma, você
impede que alimentos contaminados disseminem as pragas pela despensa. E, mais uma vez, os
potes precisam ser transparentes, a fim de permitir a busca pelos sinais que os bichos deixam.

E quais são esses sinais? Se perceber buraquinhos nos grãos ou um pó branco no fundo do
pote, provavelmente os carunchos andaram se empanturrando por ali. Grumos na farinha e
grãos empelotados, meio grudentos, podem apontar a presença de traças, já que elas tecem
uma teia para botar seus ovos.

Se encontrar algo assim, pode ter um miniataque de nojo, ok, mas sem desespero! Basta
colocar o produto em um saco bem lacrado e deixá-lo no congelador por três dias: o frio
matará qualquer forma de inseto. Depois, é só descongelar e peneirar, eliminando os
resquícios. E não precisa se preocupar: o alimento estará adequado ao consumo.

Mas, Mica, o sabor e a textura não serão prejudicados? Pode ser, mas é muito melhor isso do
que desperdiçar comida. Além disso, se você simplesmente jogar tudo no lixo, sem nenhum
cuidado, alguma larva ou um adulto pode escapar e voltar a infestar seus armários.

Limpe a despensa todo mês

A propósito, a melhor maneira de impedir que as pragas se apossem da sua despensa é faxiná-
la uma vez ao mês, pelo menos. Retire tudo de dentro dela e passe o aspirador em cada
cantinho e fresta, pois os espaços mais apertados e escuros são os preferidos de traças e
carunchos. Se puder remover as prateleiras, melhor ainda.

Em seguida, limpe tudo (inclusive os potes onde os alimentos são guardados) com detergente
neutro, tomando o cuidado de deixar secar bem. Finalmente, use um pano para aplicar no
móvel inteiro uma solução de álcool com cravo-da-índia (coloque alguns botões dentro da
garrafa e deixe-os lá durante uma semana, até o líquido ficar marrom-escuro), que manterá os
insetos, inclusive baratas e formigas, afastados. Inseticidas e produtos químicos não são
recomendados, pois podem acabar contaminando a comida.

Uma coisa eu digo: depois que adotei essas medidas, nunca mais os carunchos e traças tiveram
vez na minha despensa!

 

Beijos,

Mica <3

SalvarSalvar

SalvarSalvarSalvarSalvar

SalvarSalvar

5 Comentários

  1. Oi Micaela! Sou sua fã! Além de usar os potes transparentes para armazenagem e inspecionar com frequência eu também uso potinhos de vidro com algodão embebido em essência de citronela espalhados pela despensa. Nunca mais vi bichinhos na despensa. Beijos pra você e pra vovó Risoleta <3

    • Oi, querida!

      Adorei essa dica!! <3

      Beijos

  2. Mica, obrigada pelas dicas. Aqui em casa tive isso e acabei jogando tudo fora 🙁 agora sei que se colocar no congelador fica tudo bem.
    Aqui em casa eu consegui acabar com elas limpando a despensa com vinagre branco e espalhando folhas de louro pela despensa, e funcionou!!!!

    • Oi, amada! Adorei essa dica com o vinagre, vou usar tbm! Beijos

  3. Adorei o post! Já coloco os mantimentos em potes há tempos, depois que comprei uma embalagem de espaguete toda carunchada (não vi a infestação porque a embalagem era de papel). Também dá certo, pelo menos com caruncho, deixar o pote por algumas horas ao Sol. Fiz isso com essa massa; os bichinhos morreram, mas perdi o produto mesmo assim, porque havia ovos dentro do macarrão 🙁

Deixe seu comentário