roupas de bebê penduradas

Como lavar as roupinhas do bebê? Elas devem ser lavadas separadamente e com produtos neutros.

Hoje meu papo é com os papais e mamães recentes. Uma das maiores dúvidas em relação a organização das roupinhas do bebê é como – e quando – lavar as primeiras peças da criança.

7º mês

Se você está grávida, já deve ter ouvido esse conselho: lave todo o enxoval antes de usá-lo. Eu acho que o ideal é fazer isso lá pelo 7º mês. Se lavar tudo no início da gestação, corre o risco de ver as peças encherem-se de pó e ácaros antes mesmo do nascimento.

Primeiro as roupinhas pequenas

Dedique-se primeiro às roupinhas de tamanhos RN, PP e P, que serão necessárias no início. E guarde-as em capas de TNT, que permitem a troca de ar, mas protegem da poeira. As peças maiores podem ser lavadas mais para frente, à medida que o bebê for crescendo.

Cuidados especiais na lavagem

Tenha o cuidado de nunca misturar as roupas do bebê com as demais. Nem no cesto de roupa suja, no balde ou na máquina.

Como a pele do recém-nascido é muito delicada e suscetível a alergias, use somente sabão neutro, hipoalergênico e dermatologicamente testado. Se for lavar tudo à mão, compre balde e bacia novos e reserve-os exclusivamente para essa função.

Caso utilize a máquina, deixe rodar por um ciclo completo apenas com água antes de introduzir as peças do bebê. Dessa forma você elimina resquícios de produtos empregados anteriormente. Escolha o ciclo de lavagem mais delicado que houver, coloque as roupas dentro de um saco próprio para lavagem (ou de uma fronha fechada com um nó) e garanta que o enxague leve embora todo o sabão. Se achar necessário, programe um enxague extra.

Quem não resiste aos amaciantes deve usá-los em pequenas doses, escolhendo os indicados para roupas de bebê, que são mais suaves e têm menos cheiro.

Quando a criança começar com as papinhas, retire as manchas de roupas e babadores com água morna e sabão de coco. Ou aplique o velho e bom vinagre nas nódoas e depois lave as peças normalmente. Não use água sanitária, pois ela é muito agressiva.

Mesmo tomando todos esses cuidados, fique sempre atenta à pele do seu bebê para ver se ele não está desenvolvendo nenhuma alergia.

E curta muito essa fase deliciosa! Ah, e aproveita pra ensinar, desde pequeno, seu filho a organizar os brinquedos neste post

Beijos,
Mica ♥

Imagem: Natalia Deriabina/iStock

Deixe seu comentário