Aprenda a cuidar das plantas do jardim no inverno – parte 1 Molhar menos e podar apenas as partes secas, como folhas e galhos, são determinantes para a saúde do jardim

0
Jardim com banco, canteiro e vasos

Nesta época do ano, boa parte das espécies vive um período de repouso, por isso a gente acaba tendo menos trabalho para manter canteiros e vasos. Mas não é por isso que você vai descuidar de suas companheiras verdinhas, hein?

A engenheira agrônoma Aline Zoia e a paisagista Viviane Moreno, da Hortelar, separaram tantas dicas boas para dividir com a gente que o jeito foi escrever dois posts sobre o assunto. Neste aqui, os ensinamentos são sobre rega e poda. E no próximo post, eu farei a parte 2, com cuidados em relação a solo, vento, pragas e fungos.

Vamos aos temas de hoje!

Rega

  1. Molhe as plantas no início da manhã para ter menos incidência de fungos.
  2. A água demora mais a evaporar no frio, razão pela qual deve-se diminuir a frequência de rega. Assim você evitará que a terra encharque e a as raízes apodreçam.
  3. Sabe qual a forma mais garantida de descobrir se a planta precisa ou não ser molhada? Enfie o dedo no solo – aprofundando mesmo! – e sinta se ele está úmido.
  4. Se você tiver medo de matar suas plantas de sede ou de desidratação, use um gotejador, mecanismo que libera a água aos pouquinhos. Em jardins maiores, valem aqueles ligados a mangueiras. Já para vasos bastam os acoplados a uma garrafa PET, como este aqui:
    Gotejador para vasos acoplado a uma garrafa PET

    Poda

  5. O inverno é a época certa para realizar a chamada poda de limpeza: retire galhos e folhas secas para arejar a planta. Partes doentes ou com pragas também caem fora. “Sempre corto logo acima do nó [como na ilustração abaixo], o ponto de onde saem folhas ou ramos, favorecendo a brotação. Se eu deixo um pedaço do galho ou do ramo acima do nó, ele vai secar e a planta não rebrotará naquela área”, alerta Aline.infográfico ilustrando como podar corretamente
  6. Evite podar as espécies que florescem no inverno, como azaleia, camélia e ipês – sem querer, você pode acabar cortando o botão floral.
  7. Podas de árvores cabem às prefeituras, mas você pode remover galhos secos finos, de até 5 cm de diâmetro. Nesses casos, Aline recomenda passar um pouco de pasta bordalesa no trecho restante a fim de evitar o aparecimento de fungos e pragas e até um eventual apodrecimento da árvore. “Essa pasta, que é permitida pela agricultura orgânica, pode ser feita em casa, mas é bem mais fácil comprar o pó pronto para diluição. A pasta não é nada mais que uma calda bordalesa concentrada.”

Como eu já falei, ainda há outros cuidados a tomar com o jardim, mas só de acertar na quantidade de água e na limpeza das folhas mortas você já fará maravilhas pelas suas plantas.

Boa jardinagem!

Beijos,
Mica ♥

 Imagens: iStock/Hortelar/Raphel Amaral

Receitas da vovó: Empadinha de Queijo Aprenda a fazer uma empadinha de queijo sensacional com a receita da Vovó Risoleta.

0
Receitas da vovó: Empadinha de Queijo

Boas coleções de receitas se fazem com contribuições de grandes amigos também! E com a Vovó Risoleta, não poderia ser diferente! A receita de Empadinha de Queijo, de hoje é da Vanda Coutinho, uma grande amiga da minha avó.
Deliciosa e super prática, essa receita leva poucos ingredientes e até quem não manja muito de cozinha vai amar! E aí, bora botar a mão na massa? Então anota: 

Ingredientes:

  • Para a massa:

> 7 colheradas de farinha de trigo;
> 1 gema;
> 100 gramas de margarina;
> 1 pitada de sal.

  • Para o recheio:

> 2 xícaras de queijo ralado;
> 3 ovos;
> 1 colher de manteiga derretida;
> 1 copo de leite.

Modo de fazer:

  1. Amasse bem todos os ingredientes com as mãos até ficar uma massa úmida e macia;
  2. Bata as claras em neve, junte as gemas, o leite e o queijo;
  3. Espalhe a massa nas forminhas, pressionando com os dedos;
  4. Deve ficar fina o suficiente para forrar;
  5. Colocar o recheio raso porque quando for ao forno, irá subir.

Conta pra gente o que você achou dessa receita! Ah, e aproveita e dá uma espiada na receita de Torta de Banana da semana!

Beijos,
Mica e vovó Risoleta ♥

 

O que colocar sobre a pia da cozinha? Somente o mínimo! Com a bancada liberada, é muito mais fácil e higiênico preparar a comida

0
cozinha clean com bancada organizada

Há poucas semanas eu escrevi aqui sobre como arrumar o gabinete sob a pia. E agora chegou o momento de falar sobre o que vai em cima dela. Confusão de coisas atrai confusão de ideias. Por isso eu sempre digo que as áreas de trabalho precisam ficar desobstruídas. Isso vale para o home office, para a escrivaninha do seu filho, para a lavanderia e, claro, para a cozinha.

Entre os pouquíssimos itens que eu admito na minha bancada da pia está o kit de lavagem da louça. Eu não acho legal lavar copos e panelas com a mesma esponja, porque a gordura presente em um pode passar para o outro e deixar cheiro.

Eu sugiro que você sempre tenha duas esponjas em uso: amarela ou verde, por exemplo, para pratos, panelas, travessas e talheres, e outra, azul ou lilás, para copos, xícaras e taças. Se forem da mesma cor, nenhum problema: com uma caneta hidrográfica de ponta grossa, escreva em cada uma a sua finalidade.

conjunto com 3 esponjas, uma amarela, uma azul e uma verde

Mesmo separando as esponjas, você precisa saber que elas podem concentrar milhares de bactérias e fungos. Milhares mesmo, não estou exagerando! Portanto, é preciso higienizá-las com frequência. Em casas onde se cozinha todo dia, faça isso diariamente. Primeiro lave-as com água e sabão e, em seguida, coloque-as em uma panela com água e deixar ferver por 10 minutos no fogão. Se preferir, use o microondas na potência alta por 2 minutos. Depois, esprema bem e mantenha as esponjas secas. E, claro, troque-as sempre que perceber que estão ficando desgastadas.

Use um organizador para colocar os acessórios de limpeza, o sabão em barra e o detergente. Nem todo mundo tem esse hábito, mas eu gosto de deixar um sabonete líquido na pia para lavar as mãos antes, durante e depois de preparar a comida.

Louça enxaguada pede um escorredor. Escolha o seu pensando no número de pessoas que moram na casa e enquanto se cozinha. Se você dispuser de uma lavadora de louças, provavelmente bastará um escorredor pequeno.

Procure deixar no máximo esses itens sobre a bancada. Desimpedida e seca – use sempre um rodinho! –, ela dará um bem-vindo ar de limpeza e organização à sua cozinha.

Sentiu falta da lixeirinha de pia? Ela é prática, é verdade, mas cortar, lavar e preparar alimentos ao lado do lixo não é muito higiênico – o risco de contaminação da comida é grande. Prefira uma lixeira com pedal, que você apoia no chão e aciona com o pé. 

Gente, a lição de hoje foi simples, hein? Então, mãos à obra!

Beijos,
Mica

Imagens: iStock e Reprodução

Receitas da vovó: Torta de banana Aprenda a fazer uma torta de banana deliciosa com a receita da Vovó Risoleta.

Receitas da vovó: Torta de Banana

Quem não gosta de torta?! E se for de banana ainda… Hmmm! Hoje a Vovó Risoleta vai ensinar a fazer a sua famosa torta de banana! Ficou curioso? Então anota aí:

Ingredientes:

> 10 bananas cortadas ao comprido
> 1 pacote de manteiga
> 4 ovos
> 1 xícara bem cheia de açúcar misturado com canela
> manteiga para fritar as bananas
> 8 colheres de açúcar

Modo de fazer:

  1. Fritar as banas na manteiga e reservar;
  2. Bater o tablete de manteiga com as gemas;
  3. Colocar o creme de manteiga sobre as bananas e polvilhar com canela e o açúcar, em camadas, em uma forma refratária;
  4. Para finalizar, bater as claras em neve e acrescentar o açúcar fazendo um suspiro e colocá-los sobre as bananas.
  5. Asse em forno médio.

E aí, gostou? Conta pra gente o que você achou dessa receita!
Veja aqui a receita da semana passada: Bolinho de chuva.

Beijos,
Mica e vovó Risoleta ♥

PS: ingredientes atualizados em 17.07